Blog de Viagens-Américas

viajar-para-marrocos

Viagem a Marrocos para Além de Marraquexe: Explore o País de Norte a Sul

Talvez a primeira coisa que pense quando está prestes a visitar Marrocos é Marraquexe, conhecida como a cidade vermelha onde os bazares espreitam a cada esquina, a animação de rua e os cheiros irão encantá-lo. Marraquexe tem de tudo um pouco, a neve e as estâncias nas montanhas, verdadeiras avenidas de compras, românticos passeios a cavalo e arte rupestre em Oukaïmeden.

Apesar da capital, Marraquexe ser um ponto óbvio a visitar, Marrocos é muito mais. 

Casablanca

Tornada ícone pelo filme dos anos 40, Casablanca é apaixonante. Uma cosmopolita e moderna cidade de negócios. A arquitectura francesa que se faz sentir torna-a num local para sonhadores e aventureiros. Comece por visitar a Mesquita Hassan II, que fica na costa e é uma das maiores mesquitas do mundo, aproveite que esta é das poucas mesquitas do país nas quais não-muçulmanos podem entrar. Dê um saltinho a Medina de Casablanca, a parte antiga da cidade, onde o comércio vive! Curiosamente a parte antiga foi também destruída em 1755 pelo terramoto que se vez sentir em Lisboa, a liga um pouco a Portugal.

Por fim visite uma réplica do bar do filme Casablanca, o Rick’s Café, onde tem quase sempre um pianista a tocar a banda sonora do filme ao vivo!

Mesquita Hassan II, em Casablanca, uma das maiores do MundoMedina de Casablanca, combinação de Cultura e Comércio

Rabat

Considerada pelo Lonely Planet o oposto de Casablanca. Ruas limpas e calmas, pouco trânsito e uma viagem memorável para aqueles que querem relaxar quando é para visitar Marrocos.

Visite a parte antiga da cidade e explore as intrincadas ruas nas quais o comércio pulula. Mellah, o antigo Bairro Judeu e  a Rua dos Cônsules são paragens obrigatórias! Termine o se passeio visitando Mausoléu Mohamed V, cuja arquitectura árabe-andaluza o irá deslumbrar.

Rabat, a cidade Cultural de MarrocosMellah, o antigo bairro judeu é paragem obrigatória

Fez

Uma das cidades imperiais de Marrocos e com centenas de edifícios históricos espalhados pela cidade. Património Mundial da UNESCO pela sua história e boa conservação, Fez é um must-go.

Palácios, jardins, mil fontes, quase duas centenas de mesquitas para visitar, torna esta cidade o ponto perfeito para aqueles que gostam de não parar nas férias mas também aproveitar a serenidade. Não lhe pode faltar passar os olhos pela Mesquita Andazula que o irá surpreender arquitectonicamente ou passear pelo Souk Attarine, onde as compras e o artesanato são prato do dia. Por fim, visite o magnânimo Palácio Real para uma visita completa.

Fez, Património Mundial da UNESCOUm passeio  pelo Souk Attarine para compras de artesanato

Meknes

Apenas a 70km de Fez, é perfeita para aqueles que querem viajar por Marrocos num circuito. Meknes tem 40 quilómetros de muralhas mandadas erigir no século XVII pelo sultão e um centro histórico de o deixar boquiaberto. Explore a Praça El-Hedime para ver a melhor animação de rua com contadores de contos e malabaristas. Visite ainda o Palácio Dar Jamaï com museus que o irão deixar a conhecer melhor a cidade e se ainda tiver tempo aproveite para ir a Volubilis, um antigo local romano a poucos quilómetros de Meknes.

Meknes, a antiga capital de MarrocosNesta cidade Imperial sentimos o Marrocos profundo

Beni Mellal

Bem no centro de Marrocos torna-se uma passagem obrigatória para aqueles que gostam de conhecer o verdadeiro Marrocos. No meio de montanhas chama todos os viajantes aventureiros a fazer uma visita pela natureza. A queda de água de Ouzoud é obrigatória mas também não perca o festival Moulay Aissa Ben Driss com muita música e dança!

Beni mellal, a Natureza no meio das MontanhasOuarzazate, um verdadeiro Oásis!

Quarzazate

Indispensável para aqueles que nunca viram um oásis! O oásis de Fint e de Skoura esperam por si! Irá ficar deslumbrado por este pedaço verde no meio das áridas areias. Junto do oásis de Fint tem comércio local e restaurantes com comida tradicional mas também muita cultura marroquina a emanar da pequena povoação.

Em Ouarzazate aproveite para visitar os edifícios tradicionais, Casbás ou o arrebatador palácio Pacha el Glaoui, na boca de um vale. O seu tom vermelho e arenoso é único!

Zagora

Zagora é um deserto para aqueles que têm medo dos desertos. Não há grandes dunas e uma imensidão sem fim, mas, sim areia e acampamentos com deliciosa comida. A cultura de deserto em Zagora é uma experiência única transformando a sua viagem por Marrocos em algo ímpar. Para o pináculo da cultura experimente ir quando o Festival do Nómada estiver a decorrer!

Deserto de Zagora, uma imensidão sem fimMarrocos, tão perto e tão diferente

Não perca pitada de Marrocos e visite tudo de uma só vez, o nosso circuito “Tesouros Imperiais e Areias do Deserto” propõe uma viagem memorável e cheia de aventuras!

 

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça a nossa Política de Privacidade e de Cookies aqui.