4 Destinos Favoritos no Douro em 2016. Portugal Blog

Blog de Viagens-Europa

destinos-favoritos-no-douro

Os 4 Destinos Favoritos no Douro em 2016

O Douro tem sido, cada vez mais, o destino de eleição de muitos portugueses residentes e turistas estrangeiros. Pelo menos uma vez no ano, decidem dirigir-se ao Norte do país e conhecer uma das regiões mais genuínas e pitorescas de Portugal!

Desta forma, reunimos os quatro lugares mais requisitados no Douro durante o ano passado. São sítios aos quais vale a pena uma demorada visita e que vai adorar descobrir.


Régua: o coração do Douro

A cidade de Peso da Régua, mais conhecida apenas por “Régua”, fica localizada no distrito de Vila Real e é considerada o coração do Douro. É a cidade mais importante desta bonita região vinhateira e o seu motor económico.

Rodeada de montes verdes, repletos de vinha enfileirada, a Régua é, na história do Douro Vinhateiro, uma das mais importantes cidades ribeirinhas. Os seus pergaminhos contam feitos e obras dos primitivos anos da ocupação romana, mas o esplendor de hoje herdou-o da época dourada do negócio do Vinho do Porto (link para o blog sobre o vinho do Porto).

As ruas e avenidas da Régua contam histórias de glórias e desgraças e, no ar, permanece a nostalgia do antigo corrupio do carregamento das pipas para os Barcos Rabelos.

Lado a lado, há armazéns de várias épocas, cooperativas e firmas inglesas, depósitos de comerciantes portuenses, o edifício da Casa do Douro, o do Instituto do Vinho do Porto e as imponentes instalações da antiga Companhia pombalina.

A Régua é uma cidade moderna, que apenas conheceu a sua condição de concelho após a época pombalina, no ano de 1836, sendo agora a porta de entrada num território que é Património da Humanidade.


Lamego: o complexo cultural do Douro

Cidade atraente na região demarcada do vinho do Porto, Lamego também produz outros vinhos, como o espumante Raposeira. Conhecida, igualmente, pelos seus deliciosos frutos e presuntos, é no âmbito cultural que mais se destaca.

Lamego orgulha-se de ter sido o local de reunião das primeiras cortes, para reconhecimento de D. Afonso Henriques como primeiro Rei de Portugal. O posterior declínio económico foi detido no século XVI quando se dedicou à produção de vinhos e têxteis.
As belas mansões barrocas desse período de prosperidade são a sua característica principal, sendo um importante local de peregrinações a nível nacional.

Aqui poderá visitar, entre outros locais, a Catedral Gótica de Lamego (fundada em 1129) e o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, uma belíssima igreja que recebe peregrinos de todos os cantos de Portugal e que muitos sobem a sua escadaria enorme de joelhos.

Uma cidade tão pitoresca e tão elegantemente bela!


Amarante: o início de uma magnífica visita

Amarante é uma cidade pertencente ao concelho do Porto. Contudo, para quem viaja do litoral, é obrigatório que a visita ao Douro comece por aqui. Esta bonita cidade é uma das joias do Norte de Portugal, apresentando-se como uma verdadeira encruzilhada: a sua História, os seus monumentos, as suas tradições.

As suas mansões do século XVII, com varandas de madeira ao longo das ruas estreitas e restaurantes com terraços sobranceiros ao rio, impressionam e valem todas as dezenas de fotografias que lá são captadas diariamente.

As suas origens são incertas, mas o primeiro povoado data de cerca de 360 a.C. Infelizmente, parte desta grandiosa cidade ardeu em 1809, aquando do cerco dos franceses. No entanto, as suas gentes foram-na reconstruindo a pouco e pouco e, agora, consegue encantar qualquer turista.

Um dos nomes ligados a esta bonita cidade é o de São Gonçalo, havendo muitas histórias relacionadas com este santo. Assim, um dos locais a visitar em Amarante é, sem dúvida a principal Igreja da cidade edificada em sua honra. Mas, também, a sua ponte é lugar de passagem obrigatória, já que nunca nos deixa de impressionar.

Amarante é, ainda, um destino perfeito para quem, para além dos valores culturais, procura atividades ao ar livre e em perfeita sintonia com a Natureza, como o golfe, a caça, a pesca ou os desportos de aventura. Uma visita que vai valer a pena!


Vila Nova de Foz Côa: um museu ao ar livre

Vila Nova de Foz Côa, ou simplesmente Foz Côa, é uma cidade portuguesa situada no extremo norte do distrito da Guarda. Com um grande valor a nível mundial, tem vindo a atrair cada vez mais curiosos vindos dos quatro cantos do mundo.

No seu concelho destacam-se vários monumentos, entre os quais três considerados “Monumentos Nacionais”: o castelo de Numão, o Pelourinho de Vila Nova de Foz Côa e a Igreja Matriz da mesma vila, com uma fachada manuelina.

Para além disso, as suas paisagens, adjacentes principalmente ao Rio Douro, são de enorme beleza e únicas no mundo. Os turistas podem (e devem!) apreciá-las de baixo para cima, passeando no rio ou de comboio, mas também de cima para baixo, numa viagem de carro pelas sinuosas estradas que ligam os principais aglomerados populacionais da região.

A sua Gastronomia desempenha um papel relevante na promoção e desenvolvimento turístico. O pão, os enchidos, os pratos de caça, lebre e perdiz, o alho e o porco, a pescaria dos rios Douro e Côa e a fruta são, igualmente, um bom motivo para uma visita a Foz Côa e às suas terras.

De destacar, ainda, o seu incrível Parque Arqueológico do Vale do Côa, que é considerado um dos mais importantes sítios de arte rupestre do mundo e o mais importante com arte rupestre Paleolítica de ar livre. Aqui foram identificados cinco dezenas de núcleos de arte, ao longo dos últimos 17 quilómetros do Rio Côa, até à sua confluência com o Douro.

Estes núcleos apresentam gravuras datadas, na sua maioria, do Paleolítico superior (mais de 10.000 antes do presente) mas o vale guardou, também, exemplos de pinturas e gravuras do Neolítico e Calcolítico, gravuras da Idade do Ferro e dos séculos XVII, XVIII, XIX e XX, altura em que os moleiros, os últimos gravadores do Côa, abandonaram o fundo do vale. Um autêntico museu, que impressiona!

Catarina Portela

Catarina Portela

Quer reservar um circuito à sua medida?

ou precisa da nossa ajuda? Fale connosco
* Os campos assinalados são de preenchimento obrigatório.
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça a nossa Política de Privacidade e de Cookies aqui.