Principais Ilhas dos Açores: quais são e o que visitar?

Blog de Viagens-Europa

Principais Ilhas dos Açores quais são e o que visitar

Principais Ilhas dos Açores: quais são e o que visitar?

Descubra os mais belos pontos de interesse das ilhas do arquipélago dos Açores

 

Em pleno oceano Atlântico e com nove ilhas de origem vulcânica, o arquipélago dos Açores é um destino que oferece paisagens naturais intocadas, formações geológicas únicas e um rico património cultural. Mas que ilhas dos Açores valem mais a pena? E o que visitar em cada uma delas? Neste artigo, ajudamo-lo a responder a estas perguntas!

 

O que fazer nos Açores?

Os Açores oferecem uma grande variedade de experiências aos seus visitantes. Desde visitas a lagoas até atividades ao ar livre, como observação de baleias e mergulho, este arquipélago é um paraíso natural onde não faltarão atividades para aproveitar

Em todas as ilhas, é possível desfrutar da rica gastronomia local e participar em festivais culturais: uma imersão única na autenticidade açoriana.

 

O que visitar nos Açores?

Corvo, Flores, Faial, Graciosa, Pico, São Jorge, Terceira, Santa Maria e São Miguel.  Cada uma tem a sua própria personalidade, atrações únicas e todas elas contribuem para a riqueza da diversidade dos Açores. Quais das ilhas privilegiar? Abaixo, damos-lhe a conhecer as principais ilhas do arquipélago dos Açores.

 

O que visitar na ilha de São Miguel?

Podemos dizer que é o cartão postal do arquipélago. É a maior ilha dos Açores, onde metade da população reside (cerca de 243 mil habitantes). Com os seus vales e serras verdejantes, as suas inúmeras lagoas, as suas piscinas naturais de água quente e as suas cascatas, São Miguel não pode faltar no seu roteiro quando visitar os Açores.

 

O que fazer na Ilha de São Miguel?

  • Lagoas das Sete Cidades: a imagem de marca de São Miguel. A paisagem do local é, sem dúvida, uma das mais marcantes da região;
  • Visite as Furnas, o famoso local onde se confeciona o típico cozido que demora cerca de 5 horas a cozinhar na terra. Uma experiência única;
  • Miradouro de Santa Iria: onde se pode observar a costa norte da ilha e a plantação de Chá Gorreana, a única plantação de chá da Europa;
  • Conheça a cascata de Ribeira dos Caldeirões, no Nordeste, com o seu tradicional moinho de água e belos jardins;
  • Poderá também visitar Ponta Delgada, a capital e principal cidade da ilha. Nesta cidade, existem várias atrações como as Portas da Cidade, a Igreja Matriz de São Sebastião, a Fortaleza de São Brás e o Mercado da Graça.

 

Lagoa das Sete Cidades, São MiguelPlantações de Chá Gorreana

 

O que visitar na ilha Terceira?

A segunda ilha mais povoada e a terceira maior do arquipélago dos Açores. Mas sabia que ela é chamada assim por ter sido a terceira ilha a ser descoberta? Aqui, não encontramos lagoas nem grandes montanhas, mas incríveis paisagens vulcânicas e uma extensa orla costeira.

 

O que fazer na Ilha Terceira?

  • Visitar o Algar do Carvão, onde poderá conhecer o interior de um vulcão (um dos únicos vulcões do mundo onde isso é possível);
  • Monte Brasil: um antigo vulcão extinto com origem no mar;
  • Conhecer Angra do Heroísmo: o seu centro histórico foi classificado como Património Mundial pela UNESCO;
  • Observar baleias e golfinhos de barco: uma experiência inesquecível;
  • Subir à Serra do Cume, com vista para o inesperado Vale da Achada;
  • Conhecer vários outros locais como Ramo Grande, Quatro Ribeiras, a Praia da Vitória e a Serra do Facho.

 

 

O que visitar na ilha do Faial?

Uma ilha cheia de história, cuja capital é Horta, uma cidade frequentada por marinheiros de todo o mundo. Nas ruas desta cidade podemos encontrar influências do continente Europeu e Norte Americano e apreciar as suas heranças culturais.

 

O que fazer na Ilha do Faial?

  • Visitar a cidade da Horta: no centro histórico, aprecie a marina e a arquitetura da cidade.
  • Fazer o trilho dos Dez Vulcões: percurso de cerca de 20 km que liga a Caldeira ao Vulcão dos Capelinhos;
  • Visitar o Vulcão dos Capelinhos, a última erupção vulcânica que ocorreu no arquipélago (entre 1957 e 1958), um marco geológico importante na ilha;
  • Conhecer locais importantes como o Vale dos Flamengos e a Igreja da Nossa Senhora das Angústias.

 

 

O que visitar na ilha do Pico?

Aqui encontramos a montanha mais alta de Portugal, com 2.351 metros de altitude. A subida ao seu topo é uma experiência única! É também conhecida pelas suas vinhas plantadas em chão de lava e localizadas em pequenos currais, separados por paredes de pedra. A ilha é famosa pela sua atividade vulcânica e piscinas naturais.

 

O que fazer na Ilha do Pico?

  • Subir a montanha é mandatório e a maior experiência que poderá realizar nesta ilha. Há até tours especializados com guias altamente instruídos para levar os mais aventureiros até ao topo;
  • Realizar um passeio de jipe pela ilha, uma alternativa fantástica para conhecer as paisagens naturais preservadas;
  • Visitar a Gruta das Torres: o maior túnel lávico dos Açores, com formações geológicas fantásticas;
  • Conhecer a Lagoa do Capitão: uma pequena lagoa com vista para a Montanha do Pico e com um trilho para caminhar;
  • Miradouro da Prainha: aprecie as deslumbrantes vistas sobre o oceano, onde se pode avistar, ao longe, a Ilha de São Jorge.

 

Montanha do PicoMontanha do Pico

 

Quais são as ilhas mais pequenas do arquipélago dos Açores?

Todas as ilhas dos Açores oferecem uma variedade deslumbrante de atrações naturais e culturais - são um paraíso para os amantes da natureza, oferecendo uma diversidade de paisagens e atividades que cativam e encantam os visitantes. As ilhas mais pequenas do arquipélago dos Açores não são exceção. Continue a ler para as descobrir.

 

Ilha Graciosa

Ao explorar a Graciosa, os visitantes podem apreciar a serenidade da paisagem, a cultura local e a hospitalidade açoriana. Aqui, poderá visitar locais como Vila da Praia, as Termas de Carapacho e a Furna do Enxofre, uma caverna vulcânica conhecida pela sua dimensão impressionante e um lago no seu interior.

 

Ilha de São Jorge

Localizada no Grupo Central dos Açores, poderá aproveitar para visitar o Miradouro das Velas, a Cooperativa de Artesanato e os moinhos típicos de São Jorge. Não deixe de visitar Fajãs, as planícies costeiras formadas pela acumulação de detritos vulcânicos, e deliciar-se com o queijo típico da ilha.

 

Ilha de Santa Maria

É a ilha mais a sul do arquipélago dos Açores, conhecida como “Ilha do Sol” graças às suas praias e baías. Aqui, poderá conhecer locais como o Miradouro da Ermida, a Gruta do Figueiral e a Vila do Porto, a maior povoação da ilha. No percurso, incluem-se também: a Baía de São Lourenço e a igreja de Nossa Senhora da Assunção.

 

Ilha das Flores

Destacada pela sua beleza natural única, a ilha das Flores é o destino perfeito para quem procura uma escapadinha na natureza intocada. Esta ilha é caracterizada por paisagens verdejantes e cascatas graciosas. 

A variedade de paisagens nas Flores e as suas atividades ao ar livre oferecem uma experiência única aos visitantes. Aproveite para conhecer a Rocha dos Bordões e a cascata do Poço do Bacalhau, por exemplo.

 

Ilha do Corvo

Sendo a menor das ilhas do arquipélago dos Açores, oferece uma atmosfera tranquila e paisagens naturais fascinantes. O ponto central da ilha é a Caldeira do Corvo, uma enorme cratera vulcânica com paisagens impressionantes. Explore os trilhos que percorrem a ilha para descobrir os seus recantos naturais, flora e fauna únicas.

 

Ilha Graciosa, AçoresQueijo típico de São Jorge

 

Quem descobriu os Açores?

Agora que já conhece as nove ilhas, damos-lhe a conhecer um pouco da história deste magnífico arquipélago.

Acredita-se que as ilhas tenham sido avistadas pela primeira vez por volta de 1427. A descoberta das ilhas dos Açores é atribuída a Diogo de Silves, um navegador português. No entanto, outros navegadores, como Gonçalo Velho Cabral e Teodósio I, também estão associados à descoberta das ilhas. 

As ilhas foram importantes pontos estratégicos durante as rotas de navegação atlânticas, desempenhando um papel crucial no comércio marítimo entre a Europa, África e América.

Ao longo dos séculos, as ilhas do arquipelago Açores prosperaram devido à agricultura, pesca e atividades marítimas.

 

Fuso horário diferente: que horas são nos Açores?

As ilhas dos Açores têm um horário Atlântico, que é diferente do utilizado de Portugal Continental. Apesar desta diferença, o fuso horário das nove ilhas é sempre igual: menos uma hora do que o restante país.

O fuso horário do arquipelago Açores denomina-se por “GMT-1” (ou seja, Tempo Médio de Greenwich - ou Greenwich Mean Time - de menos uma hora). Isto significa que, por exemplo, quando são 16h00 em Portugal continental, nos Açores são ainda 15h00.

 

Explore os tesouros do arquipélago dos Açores

Esperamos que este guia o ajude a planear a sua viagem aos Açores. Aventure-se pelas ilhas mais emblemáticas do arquipélago e desfrute de experiências que o marcarão para a vida. 

As Ilhas dos Açores são um destino turístico popular e todas as nove ilhas que constituem o arquipelago contribuem para a sua reputação internacional. É um local repleto de verdadeiros tesouros naturais, gastronómicos e culturais - aproveite!

Ana Lúcia Almeida

Ana Lúcia Almeida

Quer reservar um circuito à sua medida?

ou precisa da nossa ajuda? Fale connosco
* Os campos assinalados são de preenchimento obrigatório.
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça a nossa Política de Privacidade e de Cookies aqui.