Blog de Viagens-Mundo

10-recentes-lugares-unesco

Os 10 Mais Recentes Lugares Classificados pela UNESCO

O mundo guarda maravilhas incríveis que merecem uma visita. Desde locais naturais impressionantes a monumentos de arquitetura marcante, descubra os mais recentes lugares classificados como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. Garantirmos que não se vai arrepender!


Cavernas Suábias, Alemanha

No Sudoeste da Alemanha em Baden-Wurttemberg situam-se as cavernas suábias, consideradas Património da Humanidade da UNESCO pelo seu valor cultural. Este complexo de 6 grutas que datam da Idade do Gelo, tem exemplares de arte rupestre, instrumentos musicais e outros objetos pré-históricos com mais de 40 mil anos.


Catedral da Assunção, Rússia

Em Sviajsk, uma cidade-ilha na Rússia, situa-se a Catedral e mosteiro da Assunção, um edifício imponente que conta a história do cristianismo ortodoxo no local. A catedral, considerada Património da Humanidade pela UNESCO, pelo seu valor cultural, merece uma visita. Para além do passeio pelas várias salas do mosteiro, que permitem reconstituir a vida monástica do local, a catedral tem pinturas murais de grande beleza e raridade.


Kujataa, Dinamarca

No Sul da Gronelândia, na Dinamarca, uma região denominada Kujataa foi considerada recentemente Património Mundial da UNESCO pela sua importância paisagística e cultural. Nesta região, as culturas Inuit e Nase desenvolveram um sistema de agricultura comunitária criando uma paisagem de grande beleza. A diversidade da paisagem com vales, montanhas, lagos e glaciares é testemunho da presença de ambos os povos e da tradição agrícola no ártico.


Taputapuatea, Polinésia Francesa

No centro do “triângulo polinésio”, situa-se Taputapuatea, uma ilha no coração do Pacífico. Neste local, considerado este ano Património Mundial pela UNESCO, situa-se um complexo arqueológico marae. A “marae” é uma zona onde o povo “maohi” fazia culto aos antepassados, sendo possível encontrar várias estatuetas votivas que se misturam com a vegetação e paisagem natural. Situado num local de extrema beleza num dos últimos lugares do mundo a serem povoados, este sítio merece uma visita.


Lake District, Reino Unido

Situado no norte de Inglaterra, no condado de Cumbria, o distrito dos lagos é um parque natural montanhoso com lagos e vales de uma beleza idílica. Em 2017 o local foi considerado Património Mundial da UNESCO, não só pela sua paisagem cultural, mas pela riqueza ambiental do local. Os lagos foram criados por antigos glaciares pré-históricos e inspiraram várias obras da arte e literatura, tendo marcado o movimento romântico em Inglaterra e na Europa. Uma visita a não perder!

 

Okinoshima, Japão

Entre o Japão e a Coreia situa-se Okinoshima, um lugar sagrado para os xintoístas. Este templo é dedicado aos marinheiros e apenas 200 homens podem visitá-lo por ano, tendo de seguir um ritual específico durante a visita, que implica mergulhar sem roupa no mar antes de pisar o território desta ilha. Recentemente o local foi considerado Património da Humanidade pela UNESCO pelo seu valor cultural, que testemunha um dos muitos rituais religiosos do xintoísmo. O local merece ser visitado pela riqueza arquitetónica do templo e de alguns dos objetos votivos que aí se encontram, que são verdadeiras obras da arte religiosa japonesa.


Parque Nacional Los Alerces, Argentina

No norte da Patagónia situa-se o Parque Nacional Los Alerces que tem paisagens de cortar a respiração: montanhas escarpadas, lagos glaciares e prados alpinos. Foi considerado Património da Humanidade da UNESCO este ano na categoria ambiental por ser um lugar de grande beleza natural, e por se tratar do habitat de variadas espécies, algumas em vias de extinção. Conhecido como uma das joias da Patagónia, é um lugar de visita obrigatória.


Mbanza Congo, Angola

Na província do Zaire, em Angola, existe a cidade de Mbanza Congo, um local cujo centro histórico remonta para o antigo reino do Congo no século XIV, onde variados restos arqueológicos ajudam a reconstituir a história da região. Em 2017 o local foi considerado Património da Humanidade pela UNESCO, pela sua riqueza cultural, importante para a identidade do povo. As variadas escavações que têm sido desenvolvidas no local, têm trazido importantes informações sobre a presença portuguesa em África. Para alem de uma variedade de ruinas visitáveis, a região tem uma fantástica riqueza natural e merece por isso uma visita.


Dauria, Mongólia

Entre a Mongólia e a Rússia existe uma área protegida chamada Daurian Steppe, com clima e paisagem únicos. Este local foi recentemente considerado Património Mundial da Humanidade na categoria ambiental, pela riqueza paisagística do local que tem pântanos savanas e pradarias. Estes constituem os habitats naturais de várias espécies protegidas. A visita à reservas Daurian Steppe permitem não só desfrutar da beleza natural da paisagem, mas ainda observar alguns dos animais desta região.


Tarnowskie Góry, Polónia

No sul da Polónia situa-se Tarnowsky Góry, uma das principais áreas de extração de zinco e chumbo da Europa, considerado Património da Humanidade em 2017 pela sua importância cultural e valor histórico. O local é subterrâneo, visitável a pé e de barco. Tem ainda um museu onde pode conhecer mais sobre o local e a extração do minério e merece uma visita.

Margarida Cunha

Margarida Cunha

Não encontrou o que estava à procura?

ou precisa da nossa ajuda? Fale connosco
* Os campos assinalados são de preenchimento obrigatório.
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça a nossa Política de Privacidade e de Cookies aqui.