Blog de Viagens-Mundo

Praia do Camilo, Algarve, Portugal

7 Paraísos a explorar em Portugal

Portugal é, verdadeiramente, uma terra de encantos. Apetece partir já em busca dos destinos de sol, de céu azul, de Natureza e de praia. No entanto, os tempos atuais inspiram cuidados pelo que é essencial descobrir novos lugares, igualmente belos, mas menos movimentados. Apresentamos uma pequena lista de lugares em Portugal para visitar este ano. Porque veranear é preciso!

O tempo que convida a viver uns dias de sol e de lazer está próximo. Espera por nós! Apresentamos, neste sentido, alguns lugares em Portugal mais remotos e tranquilos que merecem a sua atenção para as próximas férias:

 

1. Parque Natural da Arrábida

O Parque Natural da Arrábida cobre a pequena cordilheira de montanhas calcárias que se estendem ao longo da costa entre Sesimbra e Setúbal. Foi estabelecido para proteger a belíssima paisagem e uma grande variedade de espécies vegetais e animais. O nome “Arrábida” provem do árabe e significa “lugar de oração”. Trata-se, na verdade, de um lugar tranquilo e isolado. O encontro da Serra da Arrábida com o mar originou um cordão de praias acolhedoras, como: Figueirinha, Galapos, Ingleses e Coelhos, entre o Outão e o Portinho da Arrábida (declarada uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal). São praias paradisíacas e quase desertas, sobretudo na época baixa, com águas transparentes que nos fazem lembrar praias mediterrânicas. 

Se é amante de caminhadas, existem uma série de trilhos para passeios pedestres pelas cumeadas da serra de São Luis, com início em Palmela e que se desenvolvem na direção de Azeitão. Com esplêndidas vistas sobre o estuário do Sado e os vales da Arrábida, são também praticáveis de bicicleta.

 

2. Parque Nacional da Peneda Gerês

Se é um entusiasta da Natureza, não deve perder o Parque Nacional da Peneda Gerês, a mais prestigiada, antiga e bonita área protegida portuguesa, onde predomina a cor verde e se escondem lagoas e cascatas fantásticas. Este parque, uma das maiores atrações naturais de Portugal, cobre mais de 700 km2 de um cenário selvagem impressionante. As paisagens de serra e as aldeias tradicionais, para além dos bons ares, são atrativos a ter em conta.

Aqui, poderá percorrer caminhos onde a Natureza intocada impera, descobrir ruínas e vestígios romanos, passear por matas fantásticas e tomar um refrescante banho nas águas das Cascatas do Tahiti ou da Portela do Homem.

 

3. Costa Alentejana

O soalheiro Alentejo é uma excelente opção para os seus dias de descanso. As vastas planícies ondulantes, douradas pelo trigo ou prateadas pelas oliveiras, as casas brancas, os castelos, a boa gastronomia e, acima de tudo, o silêncio e tranquilidade são as principais atrações para os visitantes. Se é adepto de sol e mar, recomendamos as bonitas praias da costa. A tranquila estância de Vila Nova de Milfontes, onde o rio Mira se junta ao mar, é um dos locais mais encantadores da costa portuguesa. A norte de Sines, ficam as atrativas Lagoas de Santo André e de Melides, numa longa faixa arenosa que torna esta zona única para férias ou apenas para uma fugida da cidade, longe das multidões. 

Porto Covo é, também, uma pitoresca aldeia com um velho forte e uma praia abrigada. Atrai, sobretudo, campistas e visitantes que gostam de privacidade. Um pouco mais para sul, de barco, encontra-se a Ilha do Pessegueiro, tornada imortal pela canção de Rui Veloso.  Um paraíso a pouco mais de 2 horas de Lisboa onde, mesmo na época alta, se pode estender a toalha a vários metros de distância do vizinho.

 

4. Algarve

Uma costa maravilhosa e um clima suave durante todo o ano, mantido pelo mar quente e pelos ventos do Norte de África, fazem do Algarve um dos destinos turísticos preferidos do Sul da Europa. O Algarve é bom para visitar tanto de Verão como de Inverno, pois o seu clima magnífico convida ao ar livre e à fruição das simpáticas esplanadas que abundam em todo o lado. No verão, a costa entre Faro e Lagos atrai milhares de visitantes, mas em certos locais do Algarve é possível escapar às multidões.

As praias desertas da costa oeste do Algarve são facilmente exploradas a partir de Aljezur. A graciosa baía da Arrifana é uma das mais belas praias da costa Oeste. Abrigada pelas falésias, chega-se lá por uma estrada com vistas espantosas. A Praia do Castelejo, em Vila do Bispo, tem um imenso areal e a sua localização remota garante paz e sossego. A Praia do Martinhal é uma longa extensão de areia perto de Sagres, muito popular para os desportos aquáticos. Entre Sagres e Lagos há, também, uma série de belas praias, separadas por grutas.

No interior do Algarve, as povoações são tranquilas, com vegetação luxuriante. A Serra de Monchique é uma área de grande beleza, ótima para passeios na Natureza. Se procura história e cultura, recomendamos uma visita a Silves.

 

5. Vale Glaciar do Zêzere, Serra da Estrela

“a Estrela é alta, imensa, enigmática e a sua presença física é logo uma obsessão, juntando-se à perturbante realidade uma certeza ainda mais viva: a de todas as verdades locais emanarem dela “ (Miguel Torga, 1967)

Na região da Beira Alta, interior de Portugal, podemos encontrar o Vale Glaciar do Zêzere.

Este local geológico tem cerca de 13 km de extensão, sendo um dos maiores vales glaciares da Europa. Trata-se de um vestígio da última época glaciar no planeta terra, que deverá ter sucedido há milhares de anos atrás. Este local único merece certamente uma visita. É sem dúvida uma verdadeira viagem no tempo, a mais de 1400 metros de altitude.

Para aproveitar a natureza, passeios isolados, longe da azafama das cidades e dos centros urbanos. A Serra da Estrela engloba 9 municípios e 1 Geopark Mundial da UNESCO, mais que motivos para visitar esta região.

 

6. Portas de Rodão

Em plena região da Beira Baixa, no Geopak Naturtejo da Meseta Meridional, erguem-se as Portas de Ródão, onde passa o rio Tejo. Este Monumento Natural foi causado pela erosão, com início há cerca de 2,6 milhões de anos.

Este magnífico cenário torna-se ainda mais espetacular por ser o habitat de diferentes aves como o grifo, a cegonha preta ou o milhafre-real - são cerca de 154 as espécies que frequentam estas paragens, e 16 geomonumentos de importância reconhecida pela UNESCO.

Merece uma visita para desfrutar desta paisagem e toda a sua envolvência.

 

7. Miranda do Douro: entre Fresno e Douro

Vários são os motivos para destacarmos esta região.

O primeiro tem que ver com o sossego que aqui encontramos, saindo do tradicional roteiro turístico de Portugal. É aqui, entre os rios Douro e Fresno que podemos desfrutar de majestosos cenários de montanha, e também tomar conhecimento do mirandês: única língua oficial em território nacional a par do português!

Para apreciar a natureza, recomendamos passeios obrigatórios ao: Parque Nacional do Douro Internacional, Miradouro de São João das Arribas e da Fraga Amarela.

 

Consulte a Ecotravel para obter um melhor aconselhamento sobre destinos a visitar no presente ano

Aproveite a vida ao ar livre de forma segura e … bons mergulhos e passeios!

Tânia Nogueira

Tânia Nogueira

Não encontrou o que estava à procura?

ou precisa da nossa ajuda? Fale connosco
* Os campos assinalados são de preenchimento obrigatório.
Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça a nossa Política de Privacidade e de Cookies aqui.